Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


PALAVRAS

Sexta-feira, 27.06.08

 

 

 

  

 

Tenho medo das palavras

que não pronuncio

vivem em silêncio

agarradas à minha alma

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 10:34

...

Quinta-feira, 19.06.08

 

 

 

 

 

K4

 

 by Kathy Ostman-Magnusen

 

 

Deixar as lágrimas rolar

pela minha face

como se a minha alma lavasse

 

e o meu corpo adormecido

com um beijo despertasse

sobre o nada rejuvenescido

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 10:07

SOMBRA

Quarta-feira, 11.06.08

 

 

Window" 48in x 24in Oil Painting by Lynne Cook

 

 

 

 

Nem o sol que passa por esta vidraça

 

e a minha pele aqueçe e abraça

 

esta sombra negra afasta...

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 13:56

ATADA

Terça-feira, 20.05.08

 

 

 

Encontrei um fio

um fio atado em meus cabelos

que me abraça e embaraça

e prisioneira sinto que sou

de laços que me prendem

e suavemente deslizam

sobre a minha pele adormecida

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 18:13

A NOITE CAI...

Segunda-feira, 05.05.08

 

 

Salvador Dali
From the Devine Comedy

 

DALI'S INFERNO

 

 

 

A noite cai lentamente

enquanto sentada aguardo o autocarro

sobre mim um enorme cansaço

veste-me os ombros frios

Absorta em pensamentos

caio num sono acordado

Sinto abutres a rodear-me

numa noite sombria

Árvores acenam-me

esbracejando os ramos

em sinal de perigo

ordenam-me

comandam-me

Palavras, frases

bailam na minha mente enfeitiçada

Sinto um medo mordaz

Acordo sobressaltada

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 09:53

O TEMPO

Quarta-feira, 23.04.08

 

 

 

 

 

 

Solitário

Solitário é o tempo

que corre obstinadamente sem parar

 

Pêndulos a tiquetaquear

tic tac tic tac

 

Segue passo a passo

respeitando o compasso

 

Nada o impede

Nada o faz parar...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 18:17

ÁRVORE

Segunda-feira, 14.04.08


 

 

Woman Tree by
Lola Saifi



Folhas e folhas à volta
da minha árvore caídas
Folhas da minha vida
umas brancas, lindas
rodopiando mansamente
uma dança serena
em perfeita harmonia

Outras lançadas bruscamente
golpeadas por impactos violentos

de ramos esbracejantes
amachucadas, feridas

recolho uma a uma
e meticulosamente guardo-as
no livro da minha vida

 

 


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 10:26

DANIEL FILIPE

Segunda-feira, 07.04.08

 

 

 

 

 

 

DANIEL FILIPE
 
Em 1925 nasceu Daniel Damásio Ascensão Filipe na ilha da Boavista, em Cabo Verde.
Ainda criança, veio para Portugal onde fez os estudos liceais. Poeta, foi colaborador nas revistas Seara Nova e Távola Redonda, entre outras publicações literárias. Combateu a ditadura salazarista, sendo perseguido e torturado pela PIDE.
Num curto espaço de tempo, a sua poesia evoluiu desde a temática africana aos valores neo-realistas e a um intimismo original que versa o indivíduo e a cidade, o amor e a solidão.
Faleceu em 1964 em Cabo Verde.


Algumas obras:
 
Poesia
Missiva (1946)
Marinheiro sem Terra (1949)
Recado para a Amiga Distante (1956)
A Ilha e a Solidão (1957)
A Invenção do Amor (1961)
Pátria, Lugar de Exílio (1963)

Prosa O Manuscrito na Garrafa (1960)


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 16:03

A INVENÇÃO DO AMOR

Segunda-feira, 07.04.08

 

 

 

 Les amants by HUGUES GILLET

 

 

 

Em todas as esquinas da cidade
nas paredes dos bares à porta dos edifícios públicos nas janelas dos autocarros
mesmo naquele muro arruinado por entre anúncios de aparelhos de rádio e detergentes
na vitrine da pequena loja onde não entra ninguém
no átrio da estação de caminhos de ferro que foi o lar da nossa esperança de fuga
um cartaz denuncia o nosso amor

Em letras enormes do tamanho
do medo da solidão da angústia
um cartaz denuncia que um homem e uma mulher
se encontraram num bar de hotel
numa tarde de chuva
entre zunidos de conversa
e inventaram o amor com caracter de urgência
deixando cair dos ombros o fardo incómodo da monotonia quotidiana

Um homem e uma mulher que tinham olhos e coração e fome de ternura
e souberam entender-se sem palavras inúteis
Apenas o silêncio A descoberta A estranheza
de um sorriso natural e inesperado

(...)

Daniel Filipe
A Invenção do Amor e Outros Poemas
Lisboa, Presença, 1972

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 15:11

ILUSÕES

Quarta-feira, 02.04.08

 

 

Sky Painter by Rickey Paul

 

 

Por momentos solto

o meu pensamento

ausento-me

do meu corpo

e voo...

voo livremente

é tão bom voar

voar sobre o mar

navegar ao som do vento

sentir que as amarras 

se desprendem de mim

e no vento largo

pequenos pedaços

de sonhos inacabados

ilusões quase perfeitas

como perfeito

o tempo sentido

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 16:05





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Junho 2017

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930