Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



LIVRARIA LEITURA

Quinta-feira, 14.06.07

 

 

                            

 

 

 

A Livraria Leitura nasceu a 17 de Setembro de 1968, na Rua de Ceuta 88, no Porto, fundada pelo editor José Carvalho Branco e pelo livreiro Fernando Fernandes.

Desde então, a Livraria Leitura tem vindo a afirmar-se como uma das maiores referências a nível nacional. Com uma vocação de base generalista, tem vindo, ao longo dos seus 36 anos de existência, a especializar-se em diversas áreas temáticas.

Dando especial atenção ao livro estrangeiro, com destaque para o Francês, Inglês e Espanhol, a Livraria Leitura mantém um leque muito alargado de obras sobre as mais diversas áreas, das quais destacamos, entre outras, a Arte, Arquitectura, História, Filosofia, Psicologia, Ciências da Educação, Linguística, Literatura, Poesia, Teatro, Cinema.

Para além da venda de livros, desde cedo tem promovido, em colaboração com as mais diversas instituições da cidade, do país e do estrangeiro, uma série de actividades culturais, onde se destacam lançamentos de livros, sessões de autógrafos e exposições de Arte e Arquitectura.

Mas o que tem levado muitos a considerar a Livraria Leitura como uma das melhores livrarias do país é a capacidade de selecção do seu fundo livreiro, a variedade da sua oferta, o serviço prestado aos seus clientes e o profissionalismo dos seus colaboradores, tudo apoiado no seu enorme stock que ultrapassa os 120 mil títulos.

Por força da sua própria riqueza de oferta, foi implementada, a partir de 1974, a publicação de um Boletim Bibliográfico, que ainda hoje continua a sair mensalmente, e que é enviado gratuitamente aos nossos clientes, no país e no estrangeiro, para que possam estar sempre informados das últimas novidades que vão surgindo no mercado livreiro.

A Livraria Leitura tem vindo a crescer ao longo dos anos para melhor poder satisfazer as exigentes necessidades de todos os seus clientes. O seu crescimento concretiza-se na criação de diversos espaços, estrategicamente localizados, que facilitam o contacto com os seus clientes, proporcionando-lhes um maior conforto e comodidade.


 

A Livraria Leitura é para mim um marco,

um marco na minha vida.

A entrada para um mundo,

um mundo diferente

O meu mundo literário...

Nela bebi e quase saciei

a minha sede de livros...

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 14:20

NOITE

Quinta-feira, 14.06.07

 

 

Starry Night, c.1889 Art Print by Vincent van Gogh

 

 

 

No escuro da noite

A luz da lua

A solidão dos ruídos sem som

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 14:09

PROFUNDAMENTE

Quarta-feira, 13.06.07

Profundamente


Quando ontem adormeci
Na noite de São João
Havia alegria e rumor
Vozes cantigas e risos
Ao pé das fogueiras acesas.
No meio da noite despertei
Não ouvi mais vozes nem risos
Apenas balões
Passavam errantes
Silenciosamente
Apenas de vez em quando
O ruído de um bonde
Cortava o silêncio
Como um túnel.
Onde estavam os que há pouco
Dançavam
Cantavam
E riam
Ao pé das fogueiras acesas?


— Estavam todos dormindo
Estavam todos deitados
Dormindo
Profundamente.


Quando eu tinha seis anos
Não pude ver o fim da festa de São João
Porque adormeci.


Hoje não ouço mais as vozes daquele tempo
Minha avó
Meu avô
Totônio Rodrigues
Tomásia
Rosa
Onde estão todos eles?
— Estão todos dormindo
Estão todos deitados
Dormindo
Profundamente.
 

Manuel Bandeira

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 10:15

NO SILENCIO DO TEU CORPO

Segunda-feira, 11.06.07

Embrace Art Print by Egon Schiele

No silêncio do teu corpo

Procuro-te

Entro carinhosamente

Buscando o teu amor

Quanto mais te agarro e

Grito o teu nome

Tanto mais corres

Fugindo enganador

Porque foges amor?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 12:47

A CANÇÃO DO DELIRANTE AENGUS

Quarta-feira, 06.06.07

 

 

 

 

A Canção do Delirante Aengus

(1899)

Eu fui para uma floresta de nogueiras,          

Porque minha mente estava inquieta,                                
Eu colhi e limpei algumas nozes,
E apanhei uma cereja, curvando o seu fino ramo;
E, quando as claras mariposas estavam voando,
Parecendo pequenas estrelas, flutuando erráticas,
Eu lancei framboesas, como gotas, em um riacho
E capturei uma pequena truta prateada.

Quando eu a coloquei no chão
E fui soprar para reativar as chamas,
Alguma coisa moveu-se e eu pude ouvir,
E, alguém me chamou pelo meu nome:
Apareceu-me uma jovem, brilhando suavemente
Com flores de maçãs nos cabelos
Ela me chamou pelo meu nome e correu
E desapareceu no ar, como um brilho mais forte.

Talvez eu esteja cansado de vagar em meus caminhos
Por tantas terras cheias de cavernas e colinas,
Eu vou encontrar o lugar para onde ela se foi,
E beijar seus lábios e segurar suas mãos;
Caminharemos entre coloridas folhagens,
E ficaremos juntos até o tempo do fim do tempo, colhendo
As prateadas maçãs da lua,
As douradas maçãs do sol.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 15:36

SEGREDOS

Segunda-feira, 04.06.07
Que segredos me reservas
Que incestuosa relação escondes
Que palavras venenosas vomitas
Que cantares arrepiantes entoas
Pássaro negro esvoaça de mim

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 23:55

DIA MUNDIAL DA CRIANÇA

Sexta-feira, 01.06.07

 

Desenho de CRIANÇA

por Silvia (a minha criança)

As crianças

em toda a sua doçura

são para mim

poesia...poesia pura

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 11:27


Pág. 2/2





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Junho 2007

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930





comentários recentes

  • Anónimo

    Amigo Fernando FernandesDepois do pequeno comentar...

  • Anónimo

    Livraria Leitura traz-me á memoria o meu grande am...

  • Emanuela

    Simples e belo! As pessoas tem se esquecido de ser...

  • Emanuela

    Prazer em rever-te Teres. Linda postagem!

  • Margarida

    Adorei :-)***Um poema muito triste ....mas muito s...

  • allungare il pene

    Este texto bonito. escrever é uma terapia natural ...

  • allungamento

    Este texto bonito. escrever é uma terapia natural ...

  • jhennifer de oliveira dumas

    Eu adorei esse livro,já li ele inteirinho,é muito ...

  • natalia

    achei interessantissimo adorei este livro foi o me...

  • Lucília Galha

    Olá TeresaPeço desculpa pela insistência. Enviei-l...




subscrever feeds