Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


ANTÓNIO GEDEÃO

Segunda-feira, 22.10.07

 

 

 

 

 

 

António Gedeão, nasceu em Lisboa, em 1906. António Gedeão é o pseudónimo poético do cientista e historiador Rómulo de Carvalho, licenciado em Ciências Físico-Químicas.Fez tardiamente a sua estreia poética, em 1956, mas cedo revelou a preocupação com o destino do homem. Morreu em 1997, em Lisboa."

 

 

  

 

 

 

 

4 o'clock by Jonny Olsen

 

 4 o'clock by  Jonny Olsen

 

 

	Amador sem coisa amada
	Resolvi andar na rua
	com os olhos postos no chão.
	Quem me quiser que me chame
	ou que me toque com a mão.

	Quando a angústia embaciar
	de tédio os olhos vidrados,
	olharei para os prédios altos,
	para as telhas dos telhados.

	Amador sem coisa amada,
	aprendiz colegial.
	Sou amador da existência,
	não chego a profissional.

         	 António Gedeão 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 11:28

PEDRA FILOSOFAL

Quinta-feira, 13.09.07

Um bonito poema numa linda melodia espectacularmente interpretado por Manuel Freire...

Pedra Filosofal

 

Eles não sabem que o sonho

é uma constante da vida

tão concreta e definida

como outra coisa qualquer,

como esta pedra cinzenta

em que me sento e descanso,

como este ribeiro manso

em serenos sobressaltos,

como estes pinheiros altos

que em verde e oiro se agitam,

como estas aves que gritam

em bebedeiras de azul.

 

eles não sabem que o sonho

é vinho, é espuma, é fermento,

bichinho álacre e sedento,

de focinho pontiagudo,

que fossa através de tudo

num perpétuo movimento.

 

Eles não sabem que o sonho

é tela, é cor, é pincel,

base, fuste, capitel,

arco em ogiva, vitral,

pináculo de catedral,

contraponto, sinfonia,

máscara grega, magia,

que é retorta de alquimista,

mapa do mundo distante,

rosa-dos-ventos, Infante,

caravela quinhentista,

que é cabo da Boa Esperança,

ouro, canela, marfim,

florete de espadachim,

bastidor, passo de dança,

Colombina e Arlequim,

passarola voadora,

pára-raios, locomotiva,

barco de proa festiva,

alto-forno, geradora,

cisão do átomo, radar,

ultra-som, televisão,

desembarque em foguetão

na superfície lunar.

 

Eles não sabem, nem sonham,

que o sonho comanda a vida,

que sempre que um homem sonha

o mundo pula e avança

como bola colorida

entre as mãos de uma criança.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 10:29





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Junho 2017

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930





comentários recentes


Posts mais comentados