Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



GRITO

Sexta-feira, 26.10.07

 

 

 

 

Quadro de Edvard Münch, O grito, 1893

 

 

 

 

Sofro…

Sofro em silêncio

E os meus pensamentos

São gritos

Gritos calados, amordaçados

A imagem que passa

É de calma transparente

Engano os inocentes

Um vulcão brota de mim

Lava de palavras desconexas

Escorrem pela minha mente

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 18:57


5 comentários

De cindamoledo a 26.10.2007 às 20:28

Para mim um quadro bonito mas que arrepia... gostei do poema. Bjs cinda

De Suany,Julian PIMENTEL a 13.05.2008 às 12:45

Carecaaaaa....aaaaaaaaaaaaah!

De Emanuela a 27.10.2007 às 00:46

Há em nós muitas faces: aquelas que levamos aos outros e algumas que só são conhecidas por nós.É bom, poder colocar estas emoções para fora de alguma maneira.
Um beijo. E que o teu final de semana tenha muitos gritos, mas de pura alegria!

De V.A.D. a 27.10.2007 às 01:23

O fluido ácido do sofrimento parece ter de ser contido, para que não corroa quem está por perto... E, as mais das vezes, acaba por romper explosivamente quem o encerra, causando danos maiores...
Quero deixar-lhe a minha simpatia, através da formulação de um desejo: que o seu fim-de-semana possa ser cheio de serenidade.

Um beijo...

De Beata da Aldeia a 27.10.2007 às 22:26

Rica filha, ouvi o seu grito e vim logo ver se tinha havido alguma desgraça, mas felizmente não aconteceu nada graças a Deus.

Vim sem avisar, mas já tinha ouvido falar da sua aldeia e gostei muito da sua forma de escrever.

Não esteja triste minha filha que aqui a Beata da aldeia, vai rezar p'ra que tudo lhe corra de feição

Beijinho repenicado e vá visitar-me que fica logo mais alegre, pode crer.

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Outubro 2007

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031





comentários recentes