Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



ALBANO MARTINS

Terça-feira, 15.09.09

 

Como quem

 

no silêncio concebe

 

o espaço

 

para um filho

 

 

- assim te vejo, assim

 

te quero

 

e louvo

 

e invoco

 

e te perfilho

 

 

Albano Martins

 

 

      

 

 

 


 

  

 

 

Pequenas coisas
 
Falar do trigo e não dizer
o joio. Percorrer
em voo raso os campos
sem pousar
os pés no chão. Abrir
um fruto e sentir
no ar o cheiro
a alfazema. Pequenas coisas,
dirás, que nada
significam perante
esta outra, maior: dizer
o indizível. Ou esta:
entrar sem bússola
na floresta e não perder
o rumo. Ou essa outra, maior
que todas e cujo
nome por precaução
omites. Que é preciso,
às vezes,
não acordar o silêncio. 



Albano Martins
Escrito a vermelho
Campo das Letras
1999
1ª edição

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 10:39





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Setembro 2009

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930





comentários recentes




subscrever feeds