Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



DOURO

Sexta-feira, 29.06.07

 

 

 

 

dorio_gomes5g.jpg

 

 

 

 

Do teu leito

Nasce o fruto

O alimento

O trabalho

Do teu leito

Morre a vida

 

Para mim foste sempre diferente

Sempre que te recordo

Algo de novo me surge na memória

 

 

Existe entre nós um cordão

Que nos une

Quando no meu espirito tempestivo

Necessito de paz

É junto do teu regaço que a encontro

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 18:23

DESAFIO

Quarta-feira, 27.06.07

 

 

7 coisas que faço bem:

 

# brincar com as minhas filhas

# cozinhar o meu prato preferido

# conversar com os meus amigos

# dançar

# ler, ler, ler

# caminhar sozinha

# ouvir a minha música

 

7 coisas que não faço bem:

 

# as tarefas domésticas, tipo engomar roupa, etc…

# mentir, não sei mentir

# gerir o meu tempo

# acordar

# penteados infantis

# cantar

# fumar

 

7 coisas que me atraem no sexo oposto:

 

# a inteligência

# a criatividade

# o sentido de humor

# ser amigo do amigo

# ter espírito de aventura

# ter sentido de responsabilidade

# ser brincalhão

 

7 coisas que digo frequentemente:

 

# o nome das minhas filhas

# já vou…

# fala baixo

# fecha a porta

# não gritem

# bolas!

# não!...

 

7 autores que admiro:

 

# Sophia de Mello Breyner

# Gabriel Garcia Marquez

# Jorge Amado

# Jorge Luís Borges

# Fernando Pessoa

# Florbela Espanca

# Júlio Dinis

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por teresworld às 13:25

NADA A TEMER

Quarta-feira, 27.06.07
I feel your heat in dusty whispers
The wind is cold around your moon
It's getting hard to keep our distance
I know your time is coming soon
Don't point your dream on my horizon
Don't take your rose too far from home
Please don't forget we're not each other
Each soul has black thorns of his own

I see you dancing
Your song is clear
You've got to show me, got to show me
There's nothing to fear
Nothing to fear
I have my loved ones you have yours
So let us gaze upon the feast
In God's own name let's eat together
In God's own name please come in peace
See how our children play together
While you and me we stand alone
I know we'll never be each other
If I leave you leave me alone

I see you dancing
Your song is clear
You've got to show me, got to show me
There's nothing to fear
Nothing to fear

Nada a temer....

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 11:26

AS 7 MARAVILHAS DA BLOGOESFERA

Terça-feira, 26.06.07

 

 

Este blog foi nomeado 

 

 

pela amiga Cinda (http://cindamoledo.blogs.sapo.pt).

Obrigado amiga pela nomeação, foi com prazer que recebi este miminho.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 14:55

ABISMO

Segunda-feira, 25.06.07

                    

 

 

Algum tempo passou sem que te pudesse

(d)escrever a minha vivência

Por certo que atentamente observas,

assim como espero, sintas o que eu sinto.

 

Por certo sentiste o abandono,

o buraco negro e sem fundo

com que atingiram o meu e o teu pobre coração.

Cai nesse abismo como tantas vezes aconteceu

nos meus sonhos de criança

e assustada acordava.

Cai ferida como um pássaro de asa partida.

Perdida abandonada despida desequilibrada

Perdida de ti perdida de mim

Como uma criança na feira popular

Busco entre rostos e rostos estranhos sem te encontrar

Abandonada

Completamente abandonada

Despida

Nua de vestes ornamentadas de nada

Desequilibrada

Choques eléctricos bailaram na minha mente

Deixando de sentir o meu sentir 

Vazia de sentimentos

 

Na busca incessante do fim

Do fim do abismo encontrei

Encontrei-me a mim…

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 11:56

A ETERNIDADE

Sexta-feira, 22.06.07

  

  


A ETERNIDADE

(Tradução de Augusto de Campos)

De novo me invade.
Quem? - A Eternidade.
É o mar que se vai
Com o sol que cai.

Alma sentinela,
Ensina-me o jogo
Da noite que gela
E do dia em fogo.

Das lides humanas,
Das palmas e vaias,
Já te desenganas
E no ar te espraias.

De outra nenhuma,
Brasas de cetim,
O Dever se esfuma
Sem dizer: enfim.

Lá não há esperança
E não há futuro.
Ciência e paciência,
Suplício seguro.

De novo me invade.
Quem? - A Eternidade.
É o mar que se vai
Com o sol que cai.

Maio 1872

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 16:41

OUTONO DA VIDA

Quinta-feira, 21.06.07

 

Esta tarde, já um pouco fria, o sol brilha lá longe.

E eu aqui ao pé de ti, gravo este momento.

Esforço-me, desdobro-me em duas,

uma que te escuta atentamente,

as tuas, as nossas histórias

e outra que chora compulsivamente

com medo antecipado da despedida.

E lágrimas escorrem pelo meu rosto

e tu ignoras o porquê,

abraço-te, acarinho-te e tento te acalmar,

para que este momento não se acabe.

Porque ainda te sinto presente,

começo a preparar o meu espírito aflito,

receio perder-te brevemente…

 

Nestes dias que nos restam juntos,

gostaria de te fazer sentir o quanto és especial para mim.

Aliás sempre fostes muito especial.

Não o pai vulgar que é só pai com o olhar.

Que ameaçadoramente impõem a sua imagem.

Foste excepcional desde o dia em que te conheci.

 

Foste pai, amigo, companheiro,

partilhei contigo brincadeiras, segredos,

mesmo os mais íntimos, como por exemplo,

quando te segredei o meu primeiro namorado,

as minhas aventuras mais estranhas,

que da mãe escondia.

E tu atento fingias que nada vias,

e de longe observavas o meu comportamento.

 

Sempre presente, estarás sempre presente….

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 10:01

...

Quarta-feira, 20.06.07

 

 

Na liquidez do teu olhar

Náufrago...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 13:11

FALANDO DE AMOR

Quarta-feira, 20.06.07

 

 

Falando sobre o amor.... este blog foi nomeado pela amiga Emanuela (htpp//:emanuela.blogs.sapo.pt). Foi com muito prazer que recebi esta nomeação, que muito me surpreendeu. Agradeço imenso a nomeação, pois o amor nem sempre anda no ar....

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 10:37

ESCOMBROS

Terça-feira, 19.06.07

Escombros

 

 

Escombros arrastam-me para a morte

Como se um poço de pó branco

Me engolisse

 

Sinto-me a afogar

Fico sem ar

 

Mergulho entre estilhaços

Esbracejo entre o lixo

 

 

Morro…

Morro entre corpos mortos

Que não conheço

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 10:08


Pág. 1/2





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Junho 2007

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930





comentários recentes




subscrever feeds