Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



MULHER INERTE

Quarta-feira, 30.05.07
 

Olho para ela e sinto-a quase fria

Completamente inerte

Já não lhe sinto o olhar

De repente vejo-me ali

Ao pé de ti

Esfomeado e por ti abandonado

 

Não tenho bem presente

A dimensão dos acontecimentos

Mas a pouco e pouco

Pedaços desvanecidos teimam

Em estar vivos

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 15:49

THE DOORS

Terça-feira, 29.05.07

 

 

"Spirit of Jim Morrison" Poster

 

 

 

This is the end
Beautiful friend
This is the end
My only friend, the end
Of our elaborate plans, the end
Of everything that stands, the end
No safety or surprise, the end
I'll never look into your eyes...again
Can you picture what will be
So limitless and free
Desperately in need...of some...stranger's hand
In a...desperate land ?

Lost in a roman...wilderness of pain
And all the children are insane
All the children are insane
Waiting for the summer rain, yeah
There's danger on the edge of town
Ride the king's highway, baby
Weird scenes inside the gold mine
Ride the highway west, baby
Ride the snake, ride the snake
To the lake, the ancient lake, baby
The snake is long, seven miles
Ride the snake...he's old, and his skin is cold
The west is the best
The west is the best
Get here, and we'll do the rest
The blue bus is callin' us
The blue bus is callin' us
Driver, where you taken' us ?

The killer awoke before dawn, he put his boots on
He took a face from the ancient gallery
And he walked on down the hall
He went into the room where his sister lived, and...then he
Paid a visit to his brother, and then he
He walked on down the hall, and
And he came to a door...and he looked inside
father ?, yes son, i want to kill you
mother...i want to...fuck you

C'mon baby, take a chance with us x3
And meet me at the back of the blue bus
Doin' a blue rock, on a blue bus
Doin' a blue rock, c'mon, yeah
Kill, kill, kill, kill, kill, kill

This is the end, beautiful friend
This is the end, my only friend, the end
It hurts to set you free
But you'll never follow me
The end of laughter and soft lies
The end of nights we tried to die
This is the end

The Doors

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 18:05

POESIAS

Domingo, 27.05.07

São pedaços de mim

em folhas brancas pintadas

 

Alguns traços levemente desenhados

assim como o momento

Mais a frente

a emoção transparece

no traço a negro carregado

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 21:26

SOLDADOS

Sábado, 26.05.07

Painting: 'Paths of Glory', 1917 by CRW Nevinson

Estão como

no outono

nas árvores

as folhas

de Giuseppe Ungaretti

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 00:01

CURVADA

Sexta-feira, 25.05.07

 

Jack Pine Art Print by Tom Thomson

 

 

 

Como a árvore que tenho plantada

No jardim

 

Sinto-me assim

 

Ramos encharcados

Como os meus braços pendentes

 

Insectos esvoaçando

Como se o cheiro de podridão

 

 

Emanasse de mim

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 23:17

PUDESSE EU...

Quinta-feira, 24.05.07

Pudesse eu me separar

da dor

que não me pertençe

Pudesse eu fingir

a tristeza

que sinto

Pudesse eu acreditar

que a estrela a brilhar

é o teu olhar

 

Á menina que partiu destroçando os corações de muitos ....

Teres

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 17:18

SOLIDÃO

Segunda-feira, 21.05.07

 

A solidão é uma porta

fechada para o mundo

que não me pertence

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 23:33

MATSUO BASHÔ

Segunda-feira, 21.05.07

Não esqueças nunca

o gosto solitário

do orvalho

 

Matsuo Bashô

 

"Matsuo Bashô (pseudónimo  literário de Kinkasu) nasceu em 1644, em Ueno, provincia de Iga, numa altura em que o Japão era dominado pelos shoguns Tokugawa."

Viajante da eternidade escreve num dos diários:  "Estou só e escrevo para minha alegria".

Escreve alguns diários de viagens  (O Caminho Estreito Para o Longuinquo Norte, O Leque Circular Do Outono, O Deserto). São páginas nas quais Bashô se revela permanentemente apaixonado e confere à poesia (em poemas tão breves como o haiku) uma dimensão cósmica, sem paralelo até hoje."

 

In "O GOSTO SOLITÁRIO DO ORVALHO" de MATSUO BASHÔ

Edição Assirio & Alvim

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 23:15

CHUVA

Sexta-feira, 18.05.07

 

 

 

 

 

Lentamente caminho para casa

A chuva surpreende-me

Sinto o cheiro da terra molhada

O frio da água divina

Como uma flor renasço

Os pés húmidos, os sapatos encharcados

Caminho lentamente….

Há alguém que me espera em casa

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 10:31

WALK ALONE

Quinta-feira, 17.05.07

Sinto que este mundo não me pertence

Como um peixe em terra

Sinto-me sem ar

A caminhada é longa

monótona....

Já não há oscilações no tempo

E o tempo que percorro

Já não reduz a distância

A distância da nossa existência

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 16:16


Pág. 1/3





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Maio 2007

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031





comentários recentes

  • Anónimo

    Amigo Fernando FernandesDepois do pequeno comentar...

  • Anónimo

    Livraria Leitura traz-me á memoria o meu grande am...

  • Emanuela

    Simples e belo! As pessoas tem se esquecido de ser...

  • Emanuela

    Prazer em rever-te Teres. Linda postagem!

  • Margarida

    Adorei :-)***Um poema muito triste ....mas muito s...

  • allungare il pene

    Este texto bonito. escrever é uma terapia natural ...

  • allungamento

    Este texto bonito. escrever é uma terapia natural ...

  • jhennifer de oliveira dumas

    Eu adorei esse livro,já li ele inteirinho,é muito ...

  • natalia

    achei interessantissimo adorei este livro foi o me...

  • Lucília Galha

    Olá TeresaPeço desculpa pela insistência. Enviei-l...




subscrever feeds