Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



OTIS READING

Sexta-feira, 06.07.07

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 10:02


3 comentários

De Anónimo a 07.07.2007 às 01:41

I've been loving you too long to stop now, deixa que pensar sobre o tipo de relação estabelecida, será amor será habituação ou será uma mistura dos dois? Será que realmente não se consegue deixar de amar quando o amor se prolongou por demasiado tempo? Será que se deve sequer pensar em deixar de amar se já se ama há tanto tempo? OK, vou dormir e sonhar sobre o assunto.
Beijinhos para a Teres.

De teresworld a 07.07.2007 às 14:59

Obrigado pelo comentário, na verdade muitas são as relações em que o amor é já uma habituação, digamos que uma habituação tranquila, saudavel, para viver o resto dos nossos dias...

Beijunhos

Teres

De Anónimo a 07.07.2007 às 23:16

Este comentário inspirou-me para deixar aqui o meu olhar sobre o conteúdo duma relação a dois:

O amor é de curta duração, prolongá-lo é sempre uma intenção, sustê-lo é obstinação, perpetuá-lo é... consternação.

Comentar post








comentários recentes