Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


No vento...

Quarta-feira, 05.03.14

 

Quero que as cinzas do meu corpo

 

sejam largadas no vento...

 

e tombem sobre os escombros do

 

teu pensamento.

 

E como uma brisa suave

 

se entranhe na tua pele

 

e num abraço invisível

 

te prende-se

 

 

 

 

 

 

 

http://www.youtube.com/watch?v=VpoXAv1DEg0

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 16:02

...

Quarta-feira, 05.02.14

 

 

 

Morrem lentas as horas 

do relógio da minha vida...

 

 

e é doce o sabor

do lento

passar das horas...

 

 

como brisa suave que me sopra 

a maresia

 

 

e ilumina-me este dia.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 14:10

Perdida no Tempo

Quinta-feira, 28.11.13

Por segundos perdi-me... fechei os olhos e fiquei perante mim mesma... perante mim e o sol que ilumina este momento. A luz invade o meu rosto e como uma visão, invade o meu pensamento. Esvazio o cerebro de funestas cores e pinto os tons que se entranham em mim... cornucópias multicoloridas, em tons de laranja pinceladas, vivas... iluminam a minha tela... e sinto-me viva! Se morri neste espaço... preenchi o tempo em outro momento, se morri no tempo... preenchi o espaço em outro tempo. Se morri... hoje renasci!!








Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 14:38

Sal das lágrimas

Terça-feira, 19.10.10
 

 

 

 

 

 

 

Lá fora o sol brilha 

através desta vidraça

não me aquece

não me abraça

Lembro com saudade este mesmo dia

vestido de cores outonais

juntos ouvíamos o chilrear dos pardais

um sol timido a abraçar-nos

e lágrimas pelo meu rosto metas cortavam

 

As lágrimas visitaram-me hoje

percorreram longas distâncias

Sinto este dia

brindado com tristeza

bebendo

sorvendo as lágrimas do tempo

 

Sinto o sal das lágrimas a queimar

o meu rosto

turva-me a visão

tolhe-me o pensamento

Hoje quero chorar imensamente

Quero seguir a direcção do cata-vento

que mansamente rodopia

embalado pela brisa quente deste dia

 

Quero lavar a minha alma

não ser interrompida

sentir-te...

Sentir que o calor que entra

na janela do meu quarto

é o teu abraço...

 

Saudades de ti Pai...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 09:41

O OUTRO LADO DO MUNDO

Segunda-feira, 08.02.10

 

 

 

 

 

 

 

A solidão do vento

entra pelas frestas da minha casa

irrompe frio, gelado na procura

de um aconchego

Roça as minhas pernas

e um calafrio percorre o meu corpo

Sinto-me invadida por um abraço gelado...

 

O vento

no meu lar encontra

uma nesga de mim

e na minha solidão

encontramo-nos...

 

Como o vento

encontro neste pedaço de luz

almas solitárias

que percorrem distâncias

na busca de um aconchego

E na distância imposta por mim

leio frases soltas

comentários solitários

e pressinto lamentos

e numa lassidão total

tento adivinhar rostos escondidos

do outro lado do mundo...

 

http://www.youtube.com/watch?v=qYKtYMST8wY 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 10:04

ATROPELADA PELO TEMPO

Quarta-feira, 04.11.09

 

Imagem retirada da internet

 

Tenho a sensação que

salto páginas do livro da minha vida...

 

Que corro entre multidões de rostos sem faces

como se

numa folha branca desenhasse letras sem tinta

 

Pintando em vão o teu rosto que

no tempo se esfuma

 

Sinto que procuro em cada olhar

que não encontro

o teu rosto

 

Reconheço-me a mim

em momentos plenos de solidão

Atropelada pelo tempo

deixando marcas no meu corpo

vincando a traços carregados

as linhas do meu livro.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 10:15

ALBANO MARTINS

Terça-feira, 15.09.09

 

Como quem

 

no silêncio concebe

 

o espaço

 

para um filho

 

 

- assim te vejo, assim

 

te quero

 

e louvo

 

e invoco

 

e te perfilho

 

 

Albano Martins

 

 

      

 

 

 


 

  

 

 

Pequenas coisas
 
Falar do trigo e não dizer
o joio. Percorrer
em voo raso os campos
sem pousar
os pés no chão. Abrir
um fruto e sentir
no ar o cheiro
a alfazema. Pequenas coisas,
dirás, que nada
significam perante
esta outra, maior: dizer
o indizível. Ou esta:
entrar sem bússola
na floresta e não perder
o rumo. Ou essa outra, maior
que todas e cujo
nome por precaução
omites. Que é preciso,
às vezes,
não acordar o silêncio. 



Albano Martins
Escrito a vermelho
Campo das Letras
1999
1ª edição

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 10:39

ASSIM...

Sexta-feira, 19.06.09

 

 

 

Porto-Parque da Cidade

 

 Porto-Parque da Cidade - Foto de António S. Pereira

(Retirado do site Olhares-Fotografia On Line)

 

 

 

Como um fruto que mostra

 

Aberto pelo meio

 

A frescura do centro

 

 

 

Assim é a manhã

 

Dentro da qual eu entro

 

 

 

in "Livro Sexto"

 

Sophia de Mello Breyner Andresen

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 10:53

A CHAMA

Terça-feira, 26.05.09

 

 Connie Kleinjans contemporary art

 

 The Fire Eater by Connie Kleinjans

 

 

A chama que insiste

alimenta-se de palavras

e voraz ingere-as sofregamente

 

A brisa que sopra suavemente

é suficiente para a manter viva

 

Ora a torna labareda

fogo fátuo cavalgando

em asas indomáveis

inflamando os trilhos de paixão

 

Ora pequena réstia de luz

desvanecendo-se como se fosse

sucumbir num último suspiro...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 10:49

...

Segunda-feira, 25.05.09

 

 

 

 Kirstin Ilse: Fire

 

 

 

 

Fumo na ânsia de queimar

não o cigarro que devoro apressadamente

mas os meus pensamentos

queimá-los seria uma solução perfeita

 

Reconheço que me aborrecem

que me atormentam

o facto de os eliminar pelo fogo

não significa a sua extinção...

é mais uma tortura

uma tortura lenta

 

Brotam de mim espontaneamente

e assim como nascem

assassino-os mergulhando-os

num fogo ardente...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por teresworld às 09:42





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031





comentários recentes




subscrever feeds